União Europeia recomenda restrições de viagem para turistas dos EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de agosto de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

A União Europeia (UE) removeu os Estados Unidos da lista de viagens seguras na segunda-feira e recomendou o restabelecimento das restrições COVID-19 para visitantes dos EUA, onde novos casos e hospitalizações aumentaram drasticamente nas últimas semanas.

A recomendação não vinculativa sobre viagens não essenciais vem dois meses depois que a UE levantou a maioria das restrições para turistas dos EUA, embora os EUA tenham permanecido fechados para viajantes europeus.

O limite para estar na "lista segura" da UE é uma taxa de infecção não superior a 75 novos casos por 100.000 residentes nos 14 dias anteriores. Os últimos números dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA mostram uma taxa de mais de 300 novos casos por 100.000 pessoas.

Na semana passada, a média de novos casos por dia ultrapassou 150.000, um número que lembra os meses de pico de janeiro e fevereiro deste ano. As hospitalizações relacionadas ao COVID-19 também aumentaram para cerca de 100.000, um número não visto desde o início de fevereiro.

Nenhum país da América do Sul está na "lista segura" da UE.

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit