Uma confusão mortal mancha a visita do Papa em Angola

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Foto de Bento XVI.

22 de março de 2009

Luanda, Angola

Ontem, depois de visitar Camarões, o Papa Bento XVI visitou Angola. No entanto. antes que Sumo Pontífice chegava ao estádio Dos Coqueiros de Luanda, causando uma confusão, oito feridos e duas mulheres que chegaram mortos no hospital Josina Machell. 30.000 jovens aproximadamente estavam aglomerados para prestar homenagem ao líder da Igreja Católica.

Insistiu aos fiéis desse país africano a rejeitar bruxaria e recuperar os membros da Igreja que foram a outros credos. Assim mesmo, criticou que crianças de rua e os idosos são condenados por feitiçaria. No ano passado, a polícia angolana havia detido membros de seitas religiosas que teriam apresado a 40 crianças acusadas de feitiçaria pelos próprios parentes.

Hoje, o Papa realizará uma missa diante 500.000 pessoas. Na segunda-feira retorna a Roma depois de haver realizado uma pequeno giro na África iniciada em Camarões, em 17 de março.

Fontes