Turistas russos presos na Tailândia sem acesso a fundos

Fonte: Wikinotícias

16 de março de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Milhares de turistas russos que visitam a Tailândia estão atualmente retidos sem fundos acessíveis por causa das sanções impostas à Rússia em meio à guerra em andamento na Ucrânia.

A Tailândia costuma atrair um grande número de turistas russos todos os anos, mas o país do Sudeste Asiático agora tem muitos visitantes lutando para pagar por acomodações, com alguns recorrendo a dormir em igrejas e praias.

Uma miríade de sanções internacionais impostas a Moscou está atingindo russos em todo o mundo depois que a Rússia invadiu a Ucrânia no mês passado. As sanções afetaram as empresas russas e levaram ao cancelamento de voos programados com companhias aéreas russas.

Os bancos russos também foram cortados do sistema global SWIFT, vital para receber e enviar dinheiro, enquanto muitos visitantes foram duramente atingidos pela suspensão dos serviços Visa e Mastercard.

Oleg, que optou por não divulgar seu sobrenome, é um professor que mora na Tailândia. Ele disse que tem ajudado cidadãos russos na popular ilha de férias de Koh Samui.

“Agora, principalmente o meu trabalho de ajuda é dar informação porque muitas pessoas não sabem o que fazer, não têm ideia. Algumas famílias me perguntam o que podemos fazer? Eu disse a eles para irem à embaixada em Koh Samui, expliquei quando e como ir. Eles disseram que (a embaixada) não pode ajudar”, disse Oleg.

De acordo com Yuthasak Supasorn, governador da Autoridade de Turismo da Tailândia (TAT), 6.500 russos permanecem presos em toda a Tailândia, informou a Associated Press na semana passada.

Fontes