Trump será processado por receber verbas estrangeiras em suas empresas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Donald Trump e sua filha

14 de junho de 2017

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Mais de 190 parlamentares democratas processaram o presidente Donald Trump em um tribunal federal na quarta-feira, dizendo que ele havia aceitado fundos de governos estrangeiros por meio de seus negócios sem o consentimento do congresso, violando a Constituição dos Estados Unidos.

A queixa disse que Trump não buscou a aprovação do Congresso para nenhum dos pagamentos que centenas de empresas receberam de governos estrangeiros desde que assumiu o cargo em janeiro, mesmo que a Constituição o exija.

A Casa Branca não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários, mas disse que os interesses comerciais de Trump não violam a Constituição. A Organização Trump disse que doará lucros de clientes que representam governos estrangeiros ao Tesouro dos EUA, mas não exigirá que esses clientes se identifiquem.

Pelo menos 30 senadores dos EUA e 166 representantes são demandantes no processo de quarta-feira, representando o maior número de legisladores a processar um presidente dos EUA, de acordo com dois legisladores que estão entre os queixosos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com