Trump anuncia término da relação com a OMS

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de maio de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Numa coletiva de imprensa realizada horas atrás, o presidente americano Donald Trump anunciou que os Estados Unidos (EU) estão terminando hoje sua relação com a Organização Mundial da Saúde (OMS - WHO em inglês). O motivo é o descontentamento de Trump devido ao gerenciamento da pandemia de COVID-19. "Por pressão da China, a OMS liderou mal a resposta do mundo, logo após o vírus ser descoberto", disse, enfatizando que a pandemia já custou a vida de mais de 100 mil americanos e mais de 1 milhão no mundo todo - atualmente são cerca de 363 mil mortes, segundo o Mapa do Coronavírus da JHU, e não 1 milhão.

Enfatizando a relação do país com a China, ele disse que os chineses continuamente violaram as promessas feitas aos EU. Ele falou também sobre as relações econômicas entre os dois países: "vamos proteger os investidores americanos", disse.

Antecedentes

Trump costuma chamar o novo coronavírus Sars-Cov-2 de "vírus chinês", o que já causou protestos públicos de autoridades do país asiático. "O sofrimento pelo qual o mundo está passando hoje é resultado da má-visão do governo chinês", disse ainda hoje durante a coletiva.

O presidente já havia suspendido o pagamento anual feito pelos Estados Unidos à OMS semanas atrás.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit