Tragédia de Hillsborough completa 20 anos com homenagens do Liverpool

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de abril de 2009

Em 15 de abril de 1989, a Inglaterra viveu o acidente mais trágico da história de seu futebol. Um número de torcedores do Liverpool maior do que o esperado compareceu à partida entre os reds e o Nottingham Forest e, conforme o jogo se iniciava, uma multidão se aglomerava ao redor do Estádio Hillsborough, começando a entrar pelos portões. A medida que mais pessoas entravam, os que já estavam dentro do estádio eram pressionados contra o alambrado.

Dessa forma, o alambrado cedeu e 94 pessoas morreram no mesmo dia, além dos milhares de feridos. O último torcedor vítima da tragédia morreria 4 anos mais tarde, período em que ficou em coma.

No dia de hoje, 20 anos após a tragédia, torcedores do Liverpool (e de todo o futebol inglês) homenagearam as vítimas da tragédia que transformou o futebol no Reino Unido. Jogadores e dirigentes da liga inglesa, além de torcedores, se reuniram em Anfield, estádio do Liverpool, para prestar suas homenagens, com o acendimento de noventa e seis velas, para lembrar cada vítima. O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, enviou uma carta para ser lida na celebração.


Cquote1.png

Lembro-me de como os torcedores do Liverpool se ajudaram, auxiliaram os que estavam em dificuldades e resgataram muitos. Nunca vamos esquecer aquele dia nem as 96 pessoas que perderam a vida. O país compreende esta situação e existe um enorme apoio moral por parte da população. Nunca vamos esquecer a forma como os torcedores se entreajudaram. É esse o verdadeiro espírito do Liverpool

Cquote2.svg
Gordon Brown, primeiro-ministro do Reino Unido




Após o incidente, o ministro da justiça britânico, Lord Taylor de Gosforth, redigiu um relatório apontando as causas e eventuais soluções para o ocorrido, criando o Relatório Taylor, até hoje um balizador das normas de segurança esportiva no Reino Unido. Entre as mudanças sugeridas, estavam o fim do alambrado nos estádios do reino, que todo torcedor que comprasse ingresso deveria ter uma cadeira específica para ver o jogo e a venda de número limitado de ingressos, tanto para os locais, como para os visitantes.



Fontes