Três em cada cinco casas portuguesas construidas antes de 2009 têm baixa eficiência energética

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de novembro de 2009

Segundo a Agência Portuguesa de Energia (Adene), três em cada cinco casas portuguesas construídas antes de 2009 apresentam grandes deficiências em termos de eficiência energética. De acordo com o estudo apresentado dia 18 deste mês, as casas mais antigas são as mais ineficientes – em especial as construídas entre 1970 e 1990. Só entre as que foram construídas a partir do ano de 2000 é que há percentagens expressivas de habitações mais eficientes (classe B- ou superior). Ainda o mesmo estudo refere que para melhorar o cenário, seria necessário um investimento total de cerca de 500 milhões de euros, a serem recuperados em oito anos, investidos essencialmente na colocação de painéis solares e na melhoria do isolamento das habitações.

Os autores referem ainda que apesar da eficiência das medidas, um dos maiores entraves são a resistência psicológica dos proprietários, algo que necessita de mudar rapidamente.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati