Três cientistas americanos que pesquisaram faces da matéria levam Nobel de Física

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

4 de outubro de 2016

O trio de cientistas americanos, David Thouless, Duncan Haldane e Michael Kosterlitz foi laureado nesta terça-feira (4) com o Prêmio Nobel de Física´ 2016 pela descoberta da face exótica da matéria. A pesquisa do trio, que é britânico, mas trabalha nos Estados Unidos, recai sobre as passagens que ocorrem de um estado para outro da matéria em condições inusuais. O estudo abriu a possibilidade de pesquisas de novos materiais, como para supercondutividade em alta temperatura. As informações são da agência Ansa.

O anúncio foi feito hoje pela Academia Real Sueca de Ciências, que entrega anualmente o Nobel. De acordo com a organização, o prêmio foi dividido em duas partes: David J. Thouless, da Universidade de Washington, ficou com uma, e Haldane e Kosterlitz, da Universidade de Princeton, dividiram a outra. Ontem, foi anunciado o Nobel de Medicina, que ficou com o japonês Yoshinori Ohsumi pela pesquisa do mecanismo de autofagia celular.

Amanhã, será anunciado o Nobel de Química e, na sexta-feira, o da Paz. Na segunda-feira, será a vez do de Economia. O Nobel de Literatura encerra a série no dia 13 de outubro.

Notícia Relacionada

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati