Tiroteio em escola do Texas vitimiza pelo menos 10 pessoas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de maio de 2018

Nesta sexta-feira (18), um tiroteio vitimizou ao menos 10 pessoas, segundo o xerife do condado e o governador Greg Abbott. O atentado ocorreu no colégio Santa Fe High School, localizado na cidade de Santa Fe, Texas. Entre as vítimas estão 9 alunos e 1 professor, pelo menos outras 10 pessoas ficaram feridas e foram transportadas ao hospital.

Segundo relatos, o suspeito teria entrado atirando numa sala de artes, um professor acionou o alarme de incêndio e o prédio começou a ser esvaziado. De acordo com a NBC, quatro bombas caseira foram encontradas no local.

O jovem Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos, foi preso como suspeito de cometer o atentado e acusado de homicídio, sem direito a fiança. Além dele, um segundo suspeito foi detido como possível conexão ao crime, segundo o xerife. Pagourtzis é aluno do colégio e possível alvo de Bullying. Segundo a Associated Press, o jovem teria dito aos policias que tinha intenção de se suicidar, mas não teve coragem.

Abbott também disse que o jovem usou uma espingarda e um revolver calibre 38, as armas pertenciam legalmente a seu pai. Segundo a rede CNN este é 22º tiroteio em escola que ocorre nos Estados Unidos em 2018.

Feridos[editar]

Segundo alguns relatos, o alarme de incêndio foi acionado momentos depois que um barulho de explosão foi ouvido. Após a evacuação, os alunos foram revistados na parte externa do local. A emissora ABC entrevistou um aluno que afirmou que viu o suspeito atirar numa garota, mas essa informação não foi confirmada.

Segundo o escritório do xerife local, um policial foi baleado durante o ataque e foi levado via transporte aéreo para um hospital e, de acordo com o porta-voz do hospital, o policial foi baleado no braço e precisou ser submetido à uma cirurgia.

Outras oito pessoas foram encaminhadas com ferimentos de balas para o Centro Médico Regional de Clear Lake. O médico responsável pelo atendimento, Safi Madain, confirmou o número. Segundo ele, seis delas foram liberadas e uma não corre mais perigo de morte, mas uma mulher por volta de 50 anos está em estado crítico.

Bullying[editar]

A NBC ouviu o estudante Dustin Severin, o estudante disse que Pagourtzis sofria bullying dos alunos e de alguns treinadores. "Ele já foi alvo de piada por treinadores antes, por cheirar mal e coisas assim", disse Severin à emissora.

O mesmo estudante também disse que o suspeito sempre usava uma casaco, o mesmo que estaria usando durante o atentado, "todos os dias, mesmo quando está calor".

Repercussão[editar]

O ataque repercutiu nos jornais americanos, o presidente Donald Trump disse que está monitorando a situação e que as autoridades federais estão em coordenação com as locais. O presidente mandou seu apoio aos afetados, "ataque totalmente horrível". Trump também disse: "Minha administração está determinada a fazer tudo para proteger nossos estudantes"

Durante o período vespertino, por ordem de Trump, a bandeira da Casa Branca foi hasteada a meio-mastro em homenagem às vítimas do tiroteio.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati