Tesouro de Forrest Fenn encontrado nas Montanhas Rochosas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de junho de 2020

Caçadores de tesouros descobriram o tesouro de Fenn no valor de mais de um milhão de dólares escondido por ele nas Montanhas Rochosas. Isso foi relatado pela CBS News.

Em 1972, Forrest Fenn, um veterano da Força Aérea dos Estados Unidos, e sua esposa Peggy foram para Santa Fé, Novo México. Por cerca de duas décadas, ele administrou uma galeria de arte, que atraiu a atenção de celebridades de Washington e Hollywood. Sua vida se tornou tema do popular livro The Codex.

A ideia de esconder um tesouro surgiu em 1987, quando seu pai foi diagnosticado com câncer e cometeu suicídio tomando cinquenta comprimidos para dormir. No ano seguinte, Fenn foi diagnosticado com câncer de rim.

No baú, ele colocou pepitas de ouro, moedas raras, jóias e pedras preciosas, além de um pote de azeitona com uma autobiografia. No entanto, Forrest sobreviveu à doença e esperou até os 80 anos para esconder o tesouro.

Fenn teve problemas com a lei federal. Em 2009, como parte de uma investigação sobre saques de artefatos na área de Quatro Cantos, agentes do FBI invadiram sua casa e confiscaram alguns itens.

Em 2010, Fenn publicou sua autobiografia, na qual escreveu que escondia um antigo baú em algum lugar nas Montanhas Rochosas, ao norte de Santa Fé. A partir daí diversas pesquisas iniciaram.

Montanhas Rochosas, nos Estados Unidos

Como pista, Forest escreveu um poema de 24 linhas. No total, o livro supostamente continha nove enigmas que, quando resolvidos, era possível encontrar o tesouro.

Centenas de milhares de pessoas buscaram o tesouro. Alguns deixaram o emprego para se dedicar à pesquisa e esgotaram suas economias. Sabe-se de pelo menos quatro pessoas que morreram em busca do tesouro de Fenn. A polícia do Novo México tentou impedir as buscas, mas Forrest alegou que o baú estava em um local seguro e até mesmo um homem de 80 anos poderia encontrá-lo.

Muitas pessoas alegaram ter encontrado o tesouro, mas ninguém forneceu nenhuma evidência que comprovasse isso. Em julho de 2017, Fenn afirmou que o tesouro permanecia onde ele havia escondido há cerca de 7 anos.

Alguns dias atrás, segundo Fenn, um homem que encontrou um baú o contatou. Ele confirmou a descoberta com fotografias. O caçador não quis revelar sua identidade, mas afirmou que foram as pistas do poema que o ajudou a encontrar o tesouro.

A localização exata do tesouro também não foi especificada. Fenn disse apenas que o baú estava "sob as estrelas na vegetação exuberante das Montanhas Rochosas" por mais de 10 anos. Respondendo a uma pergunta da CBS como ele se sente depois que encontraram o tesouro, Fenn disse:

"Eu não sei. Metade é alegria, metade é tristeza porque a história acabou. Parabenizo as milhares de pessoas que participaram da pesquisa e espero que continuem sendo atraídas pela esperança de outras descobertas".

Fontes

Reportagem original
Esta notícia contém reportagem original de um Wikicolaborador.
Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com