Terremoto no centro-leste da Itália deixa dezenas de mortos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Região do epicentro do terremoto.

6 de abril de 2009

Um terremoto de 6,3 graus na escala Richter atingiu a montanhosa região italiana de Abruzzo, no centro-leste da península, provocando a morte de mais de 100 pessoas[1][2], segundo a agência Reuters. O sismo ocorreu por volta das 1h30 UTC (3h30 hora local). Segundo o Instituto Nacional de Geofísica da Itália, o tremor foi de 5.8 graus. O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, declarou estado de emergência no país, o que lhe possibilita liberar fundos para assistência e reconstrução.

A Agência de Proteção Civil estimou que 50 mil pessoas podem estar desabrigadas. Superlotado, o hospital de Aquila, a cidade mais atingida, não consegue atender a todas as pessoas que buscam assistência médica. Até em Roma foi sentido o sismo.

O tremor atingiu 26 cidades italianas. A pequena cidade de Áquila tem 52 mil habitantes e pelo menos 100 mil estudantes vivem na cidade. O dano ao patrimônio cultural é incalculável. Algumas estradas que ligam a cidade estão fechadas. Até as 10 da manhã desta segunda (horário de Brasília), o jornal El País informava 92 mortes. Segundo informações da BBC Brasil, um técnico em geofísica teria informado sobre a tragédia há pelo menos duas semanas as autoridades locais. Segundo Giampolo Giuliani, 200 pequenos abalos foram registrados desde o mês passado em Áquila. Após o tremor das 3h30 da manhã desta segunda, outros 1000 pequenos tremores seguintes foram registrados.

No final do dia, já chegavam a 180 o número de mortos[3][4].

Dados

Data Hora Latitude Longitude Profundidade Magnitude Fonte
6 de abril, 2009 2:31:31,3 41,54 N 19,20 E 10 ML 2,6 [1]
6 de abril, 2009 3:32:41,4 42,38 N 13,32 E 2 Mw 6,3 [2]
6 de abril, 2009 4:25:45,0 42,43 N 13,36 E 13 ML 3,3 [3]
6 de abril, 2009 4:27:48,2 42,37 N 13,23 E 2 mb 4,3 [4]
6 de abril, 2009 4:31:33,0 42,41 N 13,39 E 8 ML 3,4 [5]
6 de abril, 2009 4:37:05,2 42,40 N 13,31 E 2 Mw 5,1 [6]
6 de abril, 2009 4:44:32,0 42,30 N 13,35 E 10 ML 3,2 [7]
6 de abril, 2009 4:55:38,9 42,58 N 13,61 E 2 ML 3,3 [8]
6 de abril, 2009 5:16:04,0 42,31 N 13,38 E 10 ML 2,8 [9]
6 de abril, 2009 5:23:10,0 42,33 N 13,33 E 9 ML 2,8 [10]
6 de abril, 2009 5:30:59,0 42,34 N 13,39 E 9 ML 2,8 [11]
6 de abril, 2009 5:33:40,5 44,28 N 11,97 E 40 ML 3,4 [12]
6 de abril, 2009 5:43:16,0 42,33 N 13,37 E 9 ML 3,1 [13]
6 de abril, 2009 6:08:45,0 42,38 N 13,36 E 10 ML 3,0 [14]
6 de abril, 2009 6:16:40,0 42,39 N 13,32 E 10 ML 3,2 [15]
6 de abril, 2009 6:47:54,9 42,33 N 13,29 E 2 ML 3,9 [16]
6 de abril, 2009 7:15:28,0 42,48 N 13,36 E 4 ML 3,1 [17]
6 de abril, 2009 9:17:14,5 42,43 N 13,42 E 60 ML 3,9 [18]
6 de abril, 2009 11:59:29,0 42,32 N 13,38 E 10 ML 3,1 [19]
6 de abril, 2009 12:12:36,6 42,31 N 13,32 E 2 ML 3,5 [20]
6 de abril, 2009 15:14:04,0 42,24 N 13,49 E 10 ML 3,2 [21]
6 de abril, 2009 18:38:09,7 42,39 N 13,33 E 2 ML 4,0 [22]
Na Wikipédia há um artigo sobre Sismo de L'Aquila de 2009.


Referências

Fontes