Telefônica anuncia fim da GVT

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Logotipo da GVT, quer será substituído pelo da Vivo (abaixo) a partir de abril deste ano
Logotipo da Vivo, nome que será usado pela GVT a partir de abril deste ano.

27 de fevereiro de 2016

A subsidiária brasileira de telecomunicações espanhola Telefónica anunciou ontem que deixará de usar a marca GVT a partir de 15 de abril, substituindo-a pela Vivo, que já atua no setor de telecomunicações. A Telefónica adquiriu a GVT da francesa Vivendi no final de 2014, em uma transação no valor de 7 bilhões de euros, fazendo com que a empresa expanda a sua atuação na modalidade fixa para fora do estado de São Paulo.

Com a mudança, os clientes da GVT passarão a ser atendidos pela Vivo. O site da GVT será mudado para Vivo no dia 2 de abril, e na mesma data, o atendimento será também prestado pelos números da Vivo. Antes dessa data, os canais de relação com o cliente da GVT continuarão os mesmos. Os planos adquiridos pelos clientes serão mantidos com a mudança de marca

A empresa ainda prometeu, futuramente, uma fatura unificada para todos os seus serviços de telecom (telefonia móvel e fixa, internet e televisão por assinatura) e descontos para os clientes da GVT que adquirirem uma linha móvel da Vivo. Os clientes da GVT poderão, após a mudança, fazer parte do programa de fidelidade da Vivo, chamado de "Vivo Valoriza". Os aplicativos da GVT serão mantidos, mas também serão renomeados para a marca Vivo.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com