Tartaruga de duas cabeças é encontrada em Cuba

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de setembro de 2005

Em Cuba, uma tartaruga de duas cabeças foi descoberta às margens do rio Almendarez, próximo à capital Havana.

O réptil, que foi batizado de "Tina", nasceu há cerca de uma semana e pertence à espécie Trachemys decussata, originária de Cuba.

Cada cabeça do animal se alimenta de maneira independente. Os biólogos do Aquário Nacional, Danilo Cruz, Alexis Fernández e Liena Sánchez examinaram as causas de sua peculiar origem e relacionam-na a uma malformação genética. A hipótese de que ela tenha sido provocada pela contaminação do rio não foi descartada.

Por ora, seu descobridor Alexander Nápoles, oficial de polícia, cuida da tartaruga com dose mínimas de vitaminas, num ambiente ensolarado. Ele aguarda o crescimento do animal para que seja tirada uma radiografia, seguindo a recomendação da veterinária Celia Guevara, do Aquário Nacional.


Fontes