Soldado australiano é morto no Afeganistão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

27 de outubro de 2007

Mapa do Afeganistão mostrando a província de Orūzgān.

Matthew Locke, um soldado das forças especiais australianas com o Regimento Special Air Service (SAS) foi morto à tiros enquanto tomava parte em uma operação de ataque (com aproximadamente 300 homens) contra os talibãs no Afeganistão. A morte, o terceiro combatente australiano morto desde a guerra do Vietnã, é o segundo a ocorrer em outubro.

O soldado, que se pensa ser empregado em Perth, na Austrália, no Estado da Tasmânia e casado com uma quantidade desconhecida de filhos, foi imediatamente levantada a partir da cena pelos aviões e helicóptero de evacuação médica; e para a equipe foi dado o pronunciamento da morte do soldado esta manhã depois de sofrer tiros em todo o seu peito. É relatado que havia recebido "alta bravura honrosa" pouco antes da batalha.

O chefe da Air Chief Marshal, Angus Houston, disse após o atentado detalhes da operação, que ocorreu na Província de Orūzgān, dizendo que os soldados não iriam para seus países tão cedo, pois "eles ajudam muito no combate aos talibãs ... e em caso de saída dos soldados, as tropas de operações especiais não teriam reforço, ficando indefesas"

"Os soldados da operaçãos reagiram rápido no momento do incidente, por remover o soldado de um maior perigo e fornecimento imediato dos primeiros socorros. Sua coragem sob fogo e a sua determinação em ajudar um caído de morte é digno de louvor", acrescentou Houston, que também afirmou que nenhum outro soldado foi ferido durante os combates.

Fontes

Ligação a um site em inglês *David McLennan Digger dies in Taliban clash The Canberra Times 26 de outubro de 2007

Ligação a um site em inglês * Australian Soldier, Matthew Locke, killed in Afghanistan The Herald Sun 26 de outubro de 2007