Sinagoga em Campinas é atacada com coquetéis molotov

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Localização da cidade de Campinas.

6 de agosto de 2006

Brasil

Uma sinagoga em Campinas foi atacada durante a madrugada do último sábado (5).

Um grupo desconhecido jogou dois coquetéis molotov e pedras contra a sinagoga da Sociedade Brasileira Beth Jacob, localizada na cidade de Campinas, cerca de 100 km da capital do estado, São Paulo.

A porta da frente da sinagoga ficou queimada e os vidros foram quebrados. Não há relatos de que alguém tenha se ferido. O atentado ocorreu na madrugada de sábado, por volta das 0h25. A sinagoga fica na Rua Barreto Leme, região central da cidade.

Os autores da façanha escreveram ainda na calçada em frente a sinagoga a seguinte frase com tinta branca: "Líbano, o verdadeiro holocausto".

Um vizinho, quando percebeu o ocorrido, correu com um instintor de incêndio para apagar as chamas da porta da sinagoga.

O Presidente da entidade, Pedro Tiago, contou para a imprensa que eles já foram vítimas de atentados, pichações e ameaças feitas por telefone ou cartas, em diversas outras ocasiões. A segurança da sinagoga foi reforçada.

A Polícia Civil da cidade disse que não sabe quem poderia ter praticado o atentado e está a investigar o caso.

Segundo informou o jornal O Estado de S. Paulo, dois homens com roupas escuras que fugiram num carro são suspeitos de terem praticado o atentado.

Fontes