Sete milhões de eleitores votam no referendo da Venezuela

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nicolás Maduro, atual presidente da Venezuela

17 de julho de 2017

Em um referendo não-oficial sobre o governo que foi realizado ontem na Venezuela, compareceram mais de sete milhões de eleitores. Este referendo pode ser chamado de um grande sucesso para a oposição ao governo.

Os eleitores poderiam responder a três perguntas: se querem eleições presidenciais antecipadas, se deve haver uma nova Assembleia Popular e do exército venezuelano para defender a Constituição atual. A oposição, quer a saída do presidente Nicolás Maduro, organizou o referendo. O referendo também não tem validade legal porque é ilegal e deve ser visto apenas como uma demonstração de força por parte da oposição.

Ontem, a votação não teve sem incidentes. Na capital Caracas em uma igreja onde poderiam votar houve um morto e vários feridos em um tiroteio. No sul do país homens mascarados jogaram gás lacrimogêneo em duas assembleias onde os cidadães poderiam votar.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati