Senado argentino veta projeto de impostos sobre grãos com voto do vice-presidente

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

17 de julho de 2008

O Senado argentino deu um duro golpe no governo de Cristina Fernández de Kirchner ao rejeitar um projeto que aumentava os impostos das exportações agrícolas, em uma dramática decisão tomada pelo vice-presidente do país, Julio Cobos, que também é presidente do Senado.

A decisão surgiu após mais de 18 horas de debate entre governistas e oposição sobre o projeto de lei. A decisão de Cobos contra o governo derrubou a aposta da presidente, que esperava a aprovação da medida no Congresso.


Cquote1.png

A presidente entenderá. Não posso acompanhar, estou atuando de acordo com minhas convicções. (...)Que a história me julgue

Cquote2.svg
Julio Cobos




Representantes dos produtores rurais, contrários à medida, comemoraram. Líderes de entidades rurais agradeceram aos produtores que, desde março, resistiram à cobrança do imposto com greves e bloqueios de estradas.


Fontes