Senado americano aprova nomeação de Robert Gates para cargo de Secretário da Defesa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de dezembro de 2006

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Senado Federal dos Estados Unidos da América aprovou ontem (6) a nomeação de Robert Gates para o cargo de Secretário da Defesa, em substituição a Donald Rumsfield. A votação aconteceu um dia depois de um comitê das forças armadas unanimemente recomendar a indicação de Gates.

Os senadores de ambos os partidos elogiaram Gates e declararam que os EUA não estavam a vencer a guerra no Iraque, e novas estratégias são necessárias. "Dr. Gates falou com sinceridade -- uma sinceridade que penosamente tem estado em falta no Departmento de Defesa desta administração," disse o Senador Edward Kennedy (D-MA). "Ele reconheceu o preço alto que nossas tropas estão pagando pela política atual." O Senador Arlen Specter, republicano de Pennsylvania, disse que os senators viram "as possibilidades de um novo capítulo ... mas que ela depende do comandante chefe para estruturar uma mudança na política."

Gates foi aprovado por de 95 votos a favor e 2 contra, dos senadores Rick Santorum (Republicano de Pennsylvania) e Jim Bunning, de Kentucky.

O Presidente Bush nomeou Gates, que serviu como Director da CIA durante o governo de seu pai, o Presidente George H.W. Bush, um dia depois de os democratas assumirem o controle de ambas as casas na abertura do 110° Congresso numa eleição marcada pela frustração da guerra contínua no Iraque.

Fontes