Saldo de mortos em explosão de mina ucraniana sobe para 68

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de novembro de 2007

O saldo de mortos numa explosão em uma mina de carvão na cidade do Donetsk, Ucrânia, até agora é de 68 pessoas; o balanço ameaça toda hora aumentar devido à quantidade de mineiros feridos.

"Sessenta e três pessoas morreram e se ignora a sorte de outras 37", declarou à AFP Igor Krol, porta-voz do Ministério de Situações de Emergência ucraniano.

Segundo a imprensa local e dados do Ministério de Situações de Emergência, 360 mineiros conseguiram chegar à superfície e se encontram a salvo; outros 28 se encontram hospitalizados, enquanto que 70 continuam desaparecidos.

Ainda se desconhece a causa exata da explosão, ocorrida durante à noite a mil metros de profundidade. Inicialmente foi sugerido que uma faísca teria provocado a explosão de gás metano, acumulado na mina, quando 456 mineiros estavam trabalhando.

Pela manhã familiares das vítimas foram ao lugar do acidente. Conforme informações da AFP, algumas mulheres se deprimiram tão logo saiu a lista de mortos. Por enquanto só uma pequena parte dos falecidos pôde ser identificada.

Durante a tarde, mais de trinta equipes de resgates se encontravam no local do acidente.

O Primeiro-ministro, Viktor Yanukovich, foi ao local e o presidente do país, Viktor Yushenko, fará sua visita nesta segunda-feira.

"Choro e sofro com todo o país", declarou o Chefe de Estado ucraniano. Do mesmo modo, criticou ao governo dizendo que a indústria mineira foi vítima de "esforços insuficientes" quanto à reforma da mesma.

Fontes