Síria: Exército a lutar em Deir Ezzor

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa das forças em presente na Deir ez-Zor.

16 de janeiro de 2017

O grupo Estado Islâmico (EI) já repassou à ofensiva desde 14 de janeiro de 2017 em Deir ez-Zor, grande cidade no leste do deserto sírio. O Exército sírio e milícias aliadas estão cercados por dois anos nesta área, ainda detém o Aeroporto Internacional e cerca de 40% das áreas na cidade. O exército leva todo esse tempo como os fornecimentos de água por ar, com o apoio aéreo dos exércitos sírios e russos. Cerca de 200.000 pessoas ainda habitam nas áreas mantidas pelo governo.

Durante três dias, EI mobilizou grandes forças para tentar finalmente assumir avanço na cidade. As agressões repetidas e contra os ataques do exército sírio fez causar grandes perdas em ambos os lados, mas o grupo jihadista conseguiu assumir a liderança na captura de vários pontos estratégicos. Em 16 de Janeiro, o grupo ameaça a estrada que liga a cidade ao aeroporto, o último cerco de risco. Já há apenas um mês, o exército sírio foi expulso do Palmyra após uma ofensiva surpresa do EI. Este último, encurralado na maioria das frentes, no norte da Síria e do Iraque, em particular, está a tentar reforçar a sua presença no deserto sírio. O governo sírio, contudo, não fez estas áreas uma prioridade, concentrando suas forças a oeste contra grupos rebeldes nas áreas mais vitais.

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati