Rovio não agrada os jogadores e despedirá os 37% de seus trabalhadores no final de 2015

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de agosto de 2015

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A empresa criadora da popular saga de Angry Birds, Rovio, não está indo bem manhã e várias fontes indicam que em breve serão demitidos cerca de 260 funcionários, que representam cerca de 37% dos seus trabalhadores, a fim de simplificar o negócio e por sua vez, em algo mais rentável, após o anúncio do mau desempenho da empresa nos últimos anos.

A empresa está tentando reviver seu jogo com o lançamento de uma nova versão do jogo (Angry Birds 2), além da receita gerada pela venda da franquia para diversas marcas e produtos onde os pássaros têm atacado os porcos, como Star Wars. Além disso, fontes da empresa espera que o lançamento de seu filme Angry Birds 3D, projetada para o próximo ano, poderia melhorar o clima económico difícil que atravessa a empresa finlandesa.

Mudanças fundamentais são necessárias para garantir Rovio é bem sucedido em suas ambições globais para ser o líder de entretenimento de jogos móveis em seu coração.

Pekka Rantala, CEO da Rovio

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit