República Democrática do Congo começa vacinação após novo caso de ebola

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de outubro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A OMS anunciou hoje que 1.000 pessoas na cidade de Goma e 200 em Beni, Província de Kivu do Norte, República Democrática do Congo, serão imunizadas com a vacina rVSV-ZEBOV Ebola (também conhecida como VSV-EBOV ou Ervebo) após um menino de 2 anos falecer na região de Butsili, em Goma, dias atrás. O caso foi confirmado pelas autoridades no dia 8 passado.

A vacina será aplicada em pessoas sob alto risco para a doença, incluindo contatos diretos e indiretos do caso confirmado. Trabalhadores da saúde e socorristas que atenderam o paciente também serão imunizados.

O menino que faleceu morava na mesma comunidade onde três membros da mesma família morreram em setembro por causa do ebola, anunciou a OMS em seu website.

A doença causada pelo vírus ebola é altamente letal e surtos são relativamente frequentes na República Democrática do Congo.

Notícias Relacionadas[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit