Surto de Ebola na República Democrática do Congo é declarado encerrado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de maio de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

No dia 03 passado, o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos e a comunidade global da área da Saúde declararam o fim do surto de ebola na província de Kivu do Norte, na República Democrática do Congo (RDC).

O Ministério da Saúde (MOH) da RDC e a OMS (Organização Mundial da Saúde) fizeram a declaração após o país atingir 42 dias sem novos casos depois do último sobrevivente testar negativo e ter alta de uma unidade de tratamento da doença. Este surto de ebola havia sido declarado no dia 7 de fevereiro de 2021.

“O CDC elogia o Ministério da Saúde da RDC e os parceiros cujo trabalho ajudou a pôr fim a esse surto”, disse a médica e diretora do CDC, Rochelle P. Walensky. “Estamos orgulhosos de ter feito parte do esforço e continuamos comprometidos em apoiar os esforços da RDC para ajudar os sobreviventes do surto, prevenir futuros surtos e detectar e responder rapidamente a quaisquer novos casos de ebola. Nossos corações estão com as famílias que perderam entes queridos devido a esta doença mortal", disse Rochelle.

Surtos recentes de ebola, incluindo este, demonstraram que as infecções persistentes em sobreviventes podem dar início a novos surtos ou desencadear uma nova transmissão contínua dentro de um surto já existente. Para entender melhor essas ligações entre os casos e entre os surtos, o CDC ajudou o MOH da RDC a estabelecer um laboratório de sequenciamento genético móvel em Goma e continuará a fornecer assistência técnica à medida que se aprende mais sobre a transmissão do vírus e a recaída nos sobreviventes.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit