Repórteres sem Fronteiras divulga classificação mundial de liberdade de imprensa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

21 de outubro de 2009

O Brasil ocupa a 71.ª posição na classificação mundial de liberdade de imprensa, elaborada pela organização Repórteres sem Fronteiras. Em 2008, o país era 82.º da lista, que tem 175 posições. A edição de 2009, divulgada ontem (20) destaca o “efeito Obama”, que fez os Estados Unidos subirem da 40ª para a 20.ª posição e a situação do Irã, onde a cobertura da eleição de Mahmoud Ahmadinejad colocou os jornalistas sob censura do Estado.

A lista é elaborada a partir de questionários respondidos por jornalistas e especialistas em mídia e considerou as violações contra a liberdade de imprensa cometidas entre setembro de 2008 e agosto de 2009.

A Dinamarca, Finlândia e Irlanda são as primeiras colocadas no ranking. No entanto, de acordo com a Repórteres sem Fronteiras, os países europeus vem caindo na classificação ao longo dos anos. Portugal está em 30.º lugar, quando no ano passado, era o 16.º colocado.

Entre os países lusófonos, destaque para Cabo Verde, que ficou em 44.º lugar. Os outros países analisados foram Timor-Leste (em 72.º lugar), Moçambique (82.º lugar), Guiné-Bissau (92.º lugar) e Angola (119.ª colocação).

A organização alerta para os casos em que profissionais da imprensa são ameaçados fisicamente, mas aponta mudanças recentes nas legislações nacionais de imprensa como o principal risco para a liberdade de expressão.

De acordo com o levantamento, a China, Cuba e o Vietnam estão entre os dez países com menos liberdade de imprensa. O Irã aparece na quarta pior colocação, acima apenas do chamado “trio infernal”, composto pelo Turcomenistão, pela Coreia do Norte e Eritreia.



Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati