Repórter da Rede Bandeirantes morre após ser baleado

Brasil • 7 de novembro de 2011

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Morreu ontem Gelson Domingos da Silva, repórter que trabalhava na Rede Bandeirantes.[1]

Ele cobria uma ação policial na favela de Antares, no Rio de Janeiro, quando o mesmo, que estava portando um colete a prova de balas, foi baleado com um tiro de fuzil e morreu em seguida.[2]

O Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro culpou a Rede Bandeirantes pela falta de segurança que os repórteres sofrem em trabalhos semelhantes.[3][4][5]

Referências

  1. Vídeo mostra momento em que cinegrafista da Band é baleado
  2. Cinegrafista morre durante tiroteio entre policiais e traficantes no Rio de Janeiro
  3. Sindicato diz que não há segurança em coberturas
  4. Antes de morrer, cinegrafista alertou que PMs haviam sido vistos
  5. Repórter da Rede Bandeirantes morre após ser baleado [inativa]. Página visitada em 7 de novembro de 2011. Arquivada em 9 de novembro de 2011 <span title="ctx_ver=Z39.88-2004&rfr_id=info%3Asid%2Fpt.wikinews.org%3ARep%C3%B3rter+da+Rede+Bandeirantes+morre+ap%C3%B3s+ser+baleado&rft.au=&rft.btitle=Rep%C3%B3rter+da+Rede+Bandeirantes+morre+ap%C3%B3s+ser+baleado&rft.date=Erro Lua em Módulo:ISO na linha 17: attempt to index local 'input' (a nil value).&rft.genre=unknown&rft.pub=&rft_id=http%3A%2F%2Fultimosegundo.ig.com.br%2Fbrasil%2Frj%2Fsindicato-dos-jornalistas-responsabiliza-band-pela-morte-de-cinegrafista%2Fn1597355903795.html&rft_val_fmt=info%3Aofi%2Ffmt%3Akev%3Amtx%3Abook" class="Z3988"> 

Fontes[editar | editar código-fonte]