Refugiados da Mauritânia no Senegal começam a retornar para seus lares

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de janeiro de 2008

A Fula village in Senegal.
Imagem: KaBa.

Refugiados da Mauritânia presos no Senegal durante quase duas décadas depois de fugirem de confrontos étnicos no seu país começaram a regressar a Mauritânia ao abrigo de um programa patrocinador das Nações Unidas. Mas muitos não querem voltar.

Havia cerimônias de adeus e cerimônias acolhedoras atendidos por funcionários de ambos os lados do Senegal como mais de 100 antigos refugiados foram fortemente motorizados por pirogues.

Um porta-voz da agência das Nações Unidas para refugiados, Alphonse Munyaneza, explicou que o financiamento internacional irá ajudar a pagar a reinstalação.

"Cada refugiado retornando de volta à Mauritânia vão receber um pedaço de terra equivalente a 140 metros quadrados para o estabelecimento de uma casa. A ACNUR e o governo da Mauritânia irá fornecer material de construção para que possam construir uma casa", Munyaneza explicou. "Nós forneceremos a três meses de ração alimentar. Vamos fornecer uma tenda também".


Fontes

Ligação a um site em inglês*Nico Colombant Mauritanian Refugees Begin Returning Home From Senegal; Others Remain Reticent Voice of America January 29 de janeiro de 2008

Ligação a um site em inglês* Mauritanian refugees return home after long exodus Agence France-Presse 29 de janeiro de 2008