Rússia vence o Egito e garante classificação para as oitavas de final

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikinotícias Rússia 2018 - logo.jpg
Mais notícias sobre a
Copa do Mundo 2018
Seleções:
Flag of Brazil.svg - Flag of Portugal.svg

Agência Brasil

19 de junho de 2018

Os donos da casa são os primeiros a se classificarem para as oitavas de final da Copa do Mundo. A Rússia venceu o Egito por 3 a 1 hoje (19), em São Petersburgo, e chegou a 6 pontos. Ela pode até ser ultrapassada pelo Uruguai, que tem três pontos e joga contra a Arábia Saudita amanhã (20), mas está garantida pelo menos em segundo lugar no grupo.

A vitória veio após um primeiro tempo amarrado, sem grandes oportunidades de gol. A torcida russa só pode festejar no segundo tempo, quando a seleção fez três gols e garantiu a vitória. Cheryshev, que substituiu Dzagoyev na primeira partida e fez dois gols, voltou a marcar hoje. Na última rodada da primeira fase, a Rússia enfrenta o Uruguai e o Egito enfrenta os sauditas.

O jogo

O primeiro tempo trouxe russos e egípcios para mais próximos da realidade de cada seleção. Os 45 minutos iniciais mostraram que a Rússia não era tão boa quanto parecia ao golear a Arábia Saudita no primeiro jogo. Da mesma forma, foi possível ver as armas ofensivas do Egito, nulas contra o Uruguai, na última sexta-feira (15).

A presença de Mohamed Salah, ausente do primeiro jogo, deu mais qualidade no toque de bola e presença no ataque. Mas mesmo assim foram poucas chances de marcar. A Rússia, por sua vez, encontrou dificuldades para furar a defesa. O ferrolho egípcio só cedeu no segundo tempo.

Segundo tempo

O gol russo, tão aguardado pela torcida, saiu logo no segundo minuto. Mas foi mais por azar do Fathy, camisa 7 egípcio, do que por mérito do ataque. O russo Zobnin deu um chute a gol completamente torto, mas Fathy tentou afastar a bola e acabou colocando no canto do goleiro El-Shenawy.

Aos 13 minutos, Cheryshev mostrou que tem estrela. Recebeu um bom passe de Mário Fernandes na linha de fundo e bateu para o gol. A tão sonhada classificação às oitavas de final estava mais próxima. E três minutos depois, veio o terceiro gol. Dzyuba recebeu um lançamento longo vindo da defesa, usou seu 1,96 m de altura para dominar, proteger a bola e girar para, em seguida, bater no canto esquerdo do goleiro.

A partir daí, o jogo, que já estava difícil, ficou desesperador para a seleção africana. Tentando pressionar a defesa russa, ainda que sem organização, os egípcios conseguiram um pênalti a seu favor. Aos 26 minutos, Salah foi derrubado dentro da área. Inicialmente, o árbitro marcou falta fora da área, mas a arbitragem de vídeo alertou sobre o pênalti. Salah bateu forte, sem chances para o goleiro. Foi o gol de honra.

A derrota não elimina os egípcios, mas eles dependem de uma vitória da Arábia Saudita sobre o Uruguai amanhã, em um resultado que, se acontecer, é considerado uma zebra.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati