No Rio, Malala visita projeto de grafite e assiste a futebol na praia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

Agência Brasil

11 de julho de 2018

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A paquistanesa Malala Yousafzai, vencedora do Prêmio Nobel da Paz em 2014, tornou-se uma grafiteira na quarta-feira depois de pintar um retrato de Marielle Franco, a vereadora morta em março deste ano. Marielle Franco foi uma política, socióloga, feminista, socialista e ativista dos direitos humanos brasileira. Ela foi assassinada junto com seu motorista no centro do Rio de Janeiro, após participar de um evento político.

Malala visitou o bairro do Catete, no Rio de Janeiro. Ali, conheceu obras de mais 100 artistas que colorem muros no local. Convidada, paquistanesa se arriscou no spray e deixou um registro próximo a uma imagem da vereadora Marielle Franco. A ativista também recebeu de presente um quadro e foi homenageada com um grafite.

Após a visita Malala assistiu à partida da semifinal da Copa do Mundo entre Croácia e Inglaterra acompanhada de seu pai. Ela fique no Rio de Janeiro até sexta-feira (13). A ativista comemora seu aniversário amanhã (12), quando completará 21 anos.

Fontes