Rússia prorroga prisão preventiva para jornalista estadunidense preso

Fonte: Wikinotícias

24 de agosto de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Rússia solicitou na quarta-feira que a prisão preventiva do jornalista estadunidense Evan Gershkovich fosse prorrogada.

O atual período de detenção do repórter do Wall Street Journal expira em 30 de agosto. O jornalista de 31 anos está sob custódia russa desde a sua prisão em 29 de março.

A Rússia acusa Gershkovich de espionagem, acusação que ele, o jornal e as autoridades norte-americanas negam.

Num pedido apresentado quarta-feira, as autoridades russas solicitaram que Gershkovich fosse detido por um período indeterminado, informou o Wall Street Journal.

A mídia estatal russa informou que um tribunal de Moscou deverá realizar uma audiência na quinta-feira sobre o pedido.

“A detenção injusta de Evan é ultrajante e continuamos a exigir a sua libertação imediata”, afirmou o Wall Street Journal num comunicado divulgado na quarta-feira.

Desde a sua prisão, Gershkovich só teve permissão para três visitas consulares com autoridades dos EUA.

A mais recente foi em 14 de agosto, quando se encontrou com a embaixadora dos EUA na Rússia, Lynne Tracy.

Fontes