Rússia expulsa 7 funcionários da embaixada dinamarquesa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

5 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Rússia anunciou a expulsão de sete pessoas da embaixada dinamarquesa em Moscou em resposta a uma medida semelhante anunciada por Copenhague quatro semanas antes.

“Eles devem deixar o país dentro de duas semanas”, disse o Ministério das Relações Exteriores em Moscou em comunicado na quinta-feira.

A medida ocorreu exatamente um mês depois que a Dinamarca expulsou 15 funcionários da Embaixada da Rússia em Copenhague, acusando-os de serem agentes de inteligência. A Dinamarca disse que queria enviar “um sinal claro a Moscou de que não aceitaremos que oficiais de inteligência russos estejam espionando em solo dinamarquês”.

Em seu comunicado na quinta-feira, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia acrescentou que também negou um visto a um diplomata na missão diplomática dinamarquesa e que “se reserva o direito de tomar medidas adicionais de retaliação às ações hostis de Copenhague, que serão relatadas ao lado dinamarquês depois.”

Centenas de países europeus e outros aliados ocidentais expulsaram diplomatas russos e funcionários da embaixada desde que Moscou lançou a invasão da Ucrânia em 24 de fevereiro.

Fontes