Queda na audiência faz CBS cancelar programa 60 minutes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de maio de 2005

A rede de televisão dos Estados Unidos da América chamada CBS disse que irá encerrar o programa de notícias 60 minutes. O canal de televisão diz que a decisão do cancelamento do programa foi motivada por índices de audiência.

O programa 60 minutes da CBS apresentou uma matéria noticiosa em 8 de setembro de 2004 que questionava o serviço militar prestado pelo atual presidente dos EUA George W. Bush. A reportagem dizia que Bush, na época em que prestava serviço militar na Guarda Nacional do Texas, recusou-se a comparecer a um exame médico, e que a família intercedeu em seu favor. A reportagem supostamente baseava-se em documentos escritos pelo Tenente Coronel Jerry Killian (já falecido).

Após a apresentação da matéria algumas pessoas começaram a questionar a veracidade da notícia. A CBS tentou sustentar sua história durante o período de 12 dias aproximadamente, ao fim do qual disse que não podia confirmar a autenticidade dos documentos usados pela reportagem. Um comitê independente de investigação foi montado e concluiu que não era possível dizer se os documentos eram verdadeiros ou falsos. O comitê também disse que os produtores do programa falharam ao não seguir príncipios básicos de jornalismo ao não tentar verificar a autenticidade das declarações de suas fontes.

Em janeiro de 2005, quatro funcionários da CBS ligados ao programa, incluindo três executivos, foram demitidos. O canal de televisão CBS também pediu desculpas aos telespectadores pelas falhas do programa.

Fontes