Protestos na Bielorrússia: manifestante 'morto' em confrontos após eleição controversa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

9 de agosto de 2020

Pelo menos um manifestante foi morto e mais de 100 presos em confrontos entre a polícia e manifestantes após as eleições presidenciais na Bielorrússia, que as autoridades afirmam ter sido vencidas em uma vitória esmagadora pelo líder autocrático Alexander Lukashenko.

Centenas de tropas da polícia de choque e do Ministério do Interior fortemente blindadas usaram canhões de água, granadas de choque e balas de borracha para dispersar multidões de manifestantes reunidos na capital de Minsk logo após o anúncio das urnas na noite de domingo.

Os manifestantes foram empurrados para trás por carros blindados e canhões de água, enquanto a polícia bloqueava algumas ruas. Dezenas de pessoas foram presas. Fotos da cena mostravam manifestantes ensanguentados e, em um vídeo, um caminhão da polícia passando por cima de um manifestante.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com