Prodi renuncia o cargo de Premier após perder votos de confiança

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de janeiro de 2008

Prodi em 2006.

Romano Prodi, Primeiro-ministro da Itália renunciou o cargo na quinta-feira a noite, após perder um Voto de confiança no Senado Italiano através de um voto de 161-156.

A votação vem na sequência de uma crescente crise em relação as acusações de corrupção contra Prodi O ex-ministro da Justiça, Clemente Mastella. O destino de Prodi foi selado quando os populares do UEDUR, uma minoria que apoiava Prodi, originária do acórdão da coligação Olive Tree, quebrou fileiras e votou contra ele.

Prodi ganhou o voto de confiança da Câmara dos Deputados, mas não era esperado para vencer a votação no Senado. Alguns acreditavam que ele iria demitir antes da votação no Senado e evitar o constrangimento de perder a maioria aprovação do Parlamento.

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, deve agora decidir-se a nomear um novo Primeiro-Ministro ou de dissolver o Parlamento e agendar novas eleições. Alguns querem uma reforma das regras eleitorais antes de uma nova eleição ser chamada. Sondagens recentes, indicam que Silvio Berlusconi iria tornar-se primeiro-ministro, mais uma vez, se as eleições foram realizadas.

Foi a atual regras eleitorais, introduzidas por Berlusconi durante o seu mais recente polêmica como Primeiro-Ministro, que permitiu Prodi assumir o poder depois eleições legislativas de 2006.

"Agora temos de ir à votação. Vamos dizer o que pretendemos fazer no primeiros 100 dias do nosso governo", disse o ex-primeiro-ministro e líder da oposição á Berlusconi, exigindo eleições.

Em um discurso antes da votação, Prodi disse: "Pôr fim ao governo do trabalho é um luxo a Itália não pode permitir", e advertiu que a Itália "não pode permitir um poder vazio".


Fontes

Ligação a um site em inglês*Stephen Brown and Robin Pomeroy Italy's Prodi resigns after losing Senate vote Reuters 24 de janeiro de 2008

Ligação a um site em inglês* Prodi resigns after losing vote BBC News Online 24 de janeiro de 2008

Ligação a um site em inglês*Associated Press Italy's Prodi resigns after losing confidence vote MSNBC 24 de janeiro de 2008