Primeiro-Ministro da Itália é acusado de relacionamento com menor

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Primeiro-Ministro italiano, Silvio Berlusconi, em 17 de março de 2008. Foto: Presidenza della Repubblica

4 de maio de 2009

Itália

O Primeiro-Ministro italiano, Silvio Berlusconi, está sendo acusado de manter relacionamento amoroso com menores de idade, motivo pelo qual a esposa Veronica Lario, anunciou no domingo que entrará com um pedido de divórcio por não poder conviver com um homem "que se relaciona com menores".

A notícia de que Berlusconi se relaciona com menores e o pedido de divócio da esposa, foram amplamente publicados pela imprensa internacional no domingo. Berlusconi ainda não se pronunciou acerca do assunto.

Segundo o jornal inglês The Guardian, Veronica, que tem três filhos de Berlusconi, já entrou em contato com um advogado para dar início ao processo de separação do casal, que se uniu em matrimônio em 1990.

A briga entre Silvio e Veronica começou abertamente na imprensa em fevereiro de 2007. Ela teve uma carta publicada no diário La Repubblica, o jornal de centro-esquerda italiano, censurando o marido por flertar com jovens mulheres em uma festa. No mês passado, escreveu à agência de notícias Ansa, a carta censurando o marido por aceitar a candidatura de mulheres jovens e belas de seu partido às eleições ao Parlamento Europeu em junho.

Entre as candidatas, está a filha de um sócio de Berlusconi, que já posou semi-nua. Além disso, ele esteve na festa de aniversário de 18 anos da menina. "Isso me surpreendeu", disse Veronica. "Ele nunca compareceu aos aniversários de 18 anos de seus próprios filhos, mesmo quando convidado". Berlusconi também aprovou a candidatura de apresentadoras e estrelas da TV.

Fontes