Presidente e a primeira-dama dos EUA liberam suas declarações de impostos

16 de abril de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O presidente Joe Biden e sua esposa, Jill, divulgaram suas declarações fiscais no sábado, mostrando que a renda total do casal em 2021 foi de US$ 610.702. Aproximadamente um quarto desse valor (US$ 150.439, ou 24,6%) foi pago pelo casal na forma de imposto de renda.

Além disso, os Bidens doaram US$ 17.384 para instituições de caridade, incluindo US$ 5.000 que doaram para uma fundação com o nome de seu falecido filho, Beau Biden, uma instituição de caridade dedicada a proteger crianças de abusos.

Nos Estados Unidos, a publicação aberta dos documentos fiscais dos presidentes do país é uma tradição democrática de longa data, que na história recente foi violada apenas pelo 45º presidente, Donald Trump. Trump explicou isso dizendo que, na época em que se tornou presidente, seus documentos financeiros eram auditados pela Receita Federal (IRS), embora o próprio serviço tenha confirmado que nada impedia o 45º presidente de tornar públicos seus impostos.

Quanto às fontes de renda do atual chefe da Casa Branca, a declaração indica que o salário de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos foi de US$ 378.333, e Jill Biden, que leciona em uma faculdade comunitária no norte da Virgínia, ganhou outros US$ 67.116. Os Bidens ganharam outros 62 mil dólares na forma de “royalties” — ganhos com a venda de seus próprios livros.

A vice-presidente Kamala Harris e seu marido Doug Emhoff, também publicaram seus impostos: sua renda anual total foi de US$ 1.655.563, sobre a qual foi pago imposto de renda no valor de US$ 523.371, ou 31,6%.

Kamala Harris também é autora de vários livros e ganhou US$ 386.713 com suas vendas no ano passado.

Fontes