Presidente do Sri Lanka anuncia acordo sobre dívida com a China

Fonte: Wikinotícias
Presidente Ranil

8 de março de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Sri Lanka chegou a um acordo com a China sobre a reestruturação da dívida, disse o presidente Ranil Wickremesinghe.

O presidente Wickremesinghe disse ao parlamento do Sri Lanka no dia 7 que recebeu as garantias necessárias do Export-Import Bank of China no dia anterior (6), e que ele e o presidente do banco central enviaram uma carta ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para aprovação final.

"Esperamos que o FMI cumpra seu papel até o final deste mês, na terceira ou quarta semana", afirmou.

O governo de Wickremesinghe está buscando um resgate de US$ 2,9 bilhões do Fundo Monetário Internacional para restaurar as finanças públicas em colapso do Sri Lanka.

A este respeito, a agência de notícias Reuters informou que o Export-Import Bank of China disse em uma carta que não pediria ao Sri Lanka o reembolso imediato de dívidas em 2022 e 2023, e prosseguiria com as negociações em "médio e longo prazo".

O banco anunciou que ampliou seu "firme apoio ao Sri Lanka por meio da liquidação da dívida" e que "os juros do empréstimo não precisarão ser reembolsados ​​durante o período mencionado, o que ajudará aliviar a pressão sobre o pagamento da dívida".

A China detém cerca de 10% da dívida externa do Sri Lanka, no valor de mais de US$ 51 bilhões. Devido à grave crise econômica, o Sri Lanka está tendo dificuldades para importar itens essenciais, como alimentos, remédios e combustível.

Fontes