Presidente do Conselho de Ética encontra grampo em seu escritório

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Presidente do Conselho de Ética encontrou um grampo telefônico em seu escritório. Foto: Valter Campanto/ABr (arquivo).

2 de novembro de 2005

Brasil

O deputado Ricardo Izar, presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, disse que encontrou um grampo telefônico no seu escritório em São Paulo.

Izar conta que um amigo achou estranho certos ruídos ouvidos durante uma conversa e comentou sobre a possibilidade da presença de escutas telefônicas. O deputado solicitou a ajuda de um técnico que confirmou a presença de um grampo rudimentar no telefone.

O deputado denunciou o caso para a Polícia Federal que iniciou uma investigação.

Outros parlamentares suspeitam que estão grampeados. O relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio disse que desconfia que o seu telefone celular está grampeado.

Ver também

Fontes