Presidente deposto de Honduras diz que voltará ao país nesta quinta-feira

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de junho de 2009

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, disse ontem (29) que pretende voltar nesta quinta-feira (2) para seu país, tão logo participe da reunião da Organização dos Estados Americanos (OEA) em Washington D.C.

Zelaya foi vítima de um golpe de Estado, negado pelas autoridades locais na pessoa do presidente interino, Roberto Micheletti. Zelaya deverá discursar hoje (30) na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, onde falará sobre os acontecimentos e a crise em seu país.


Voltarei por vontade própria, com a proteção de Cristo e do povo. Voltarei ao meu país e pedirei que a OEA me acompanhe. Aceito ofertas daqueles que queiram me acompanhar, por convite do chefe de Estado, e não por interferência em assuntos (internos)
'


Zelaya participou de um encontro de líderes do SICA (Sistema para a Integração Centro-Americana), em Manágua, na Nicarágua.


Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati