Prêmio Nobel de Literatura concedido à poetisa Louise Gluck

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Comitê do Nobel nomeou a poetisa estadunidense Louise Gluck a vencedora do Prêmio de Literatura de 2020. O anúncio do vencedor foi transmitido ao vivo no YouTube.

Os temas principais das obras de Gluck é a infância e o relacionamento próximo com pais, irmãos e irmãs. Ela se tornou a 16ª mulher a receber o Prêmio Nobel de Literatura na história da premiação.

Louise Gluck mora atualmente em Cambridge, Massachusetts. Ela nasceu em 22 de abril de 1943 em Nova Iorque na família do empresário Daniel Gluck e Beatrice Gluck. Do lado paterno, vêm os imigrantes judeus da Áustria–Hungria. Gluck frequentou a Universidade de Columbia.

Sua primeira coleção foi lançada em 1968. Conquistou a atenção de um grande público, tanto nos Estados Unidos quanto no exterior, graças às coleções Triumph of Achilles (1985) e Ararat (1990), tendo conquistado diversos outros prêmios por suas obras.

O vencedor do Prêmio Nobel de Literatura é determinado pela Academia Sueca, fundada em 1786 pelo Rei Gustav III para "estudar e organizar a língua e a literatura suecas". As premiações dos dois anos anteriores foram concedidos a Olga Tokarczuk e Peter Handke.

A tradicional cerimônia do Prêmio Nobel de dezembro em Estocolmo, na Suécia, foi cancelada devido à pandemia de COVID-19. Esta foi a primeira vez desde 1944, quando o evento foi cancelado devido à Segunda Guerra Mundial.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit