Português disse que vai "morar" em Marte por duas semanas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mars Valles Marineris.jpeg

9 de março de 2005

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O português Ricardo Patrício, 28 anos, membro da Active Space Technologies está programado para orientar no deserto de Utah, nos Estados Unidos da América, uma pesquisa de simulação de estada no planeta Marte.

A simulação está prevista para começar no dia 15 de abril e ir até 1 de maio numa estrutura da Mars Society, localizada no deserto de Utah. Segundo os pesquisadores que fazem parte do projeto o deserto norte-americano oferece condições análogas àquelas encontradas em Marte, o que inclui o isolamento e o uso limitado de aparelhos de comunicação.

Patrocinam o projeto a Active Space Technologies, NLR, Spacefleet, Critical Software, Boeing e “A Vida é Bela”, da Lusospace. A investigação tem também o apoio da Universidade de Coimbra, GPE-GRICES e NUCLIO.

Está marcada para amanhã, 10 de maio, às 15 horas, a apresentação do projeto no Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), da qual Patrício é ex-aluno.

Fonte