Polícia prende americano acusado de espionar para Israel

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de abril de 2008

Autoridades policiais dos Estados Unidos prenderam, na terça-feira (22), um engenheiro estado-unidense suspeito de entregar segredos militares a Israel na década de 1980, envolvendo armas nucleares, caças e mísseis antiaéreos, informou o Departamento de Justiça. Ben-Ami Kadish, de 84 anos, reconheceu ser espião em interrogatório do FBI e disse que agiu por acreditar que estava ajudando Israel.

Ele supostamente se reportava a um agente israelense que também tratava com Jonathan Jay Pollard, cidadão estado-unidense preso em 1985 sob suspeita de espionar para Israel e posteriormente condenado à prisão perpétua.

Com esta prisão, ficam desconfortáveis as relações entre Estados Unidos e Israel.


Cquote1.png

Há mais de 20 anos, durante o caso Pollard, percebemos que esse não é o comportamento que esperamos de amigos e aliados e que continuam a ocorrer hoje

Cquote2.svg
Tom Casey, porta-voz do Departamento de Estado




A queixa diz que o agente trabalhou para o governo de Israel como cônsul para questões de ciência no Consulado Geral de Israel em Nova Iorque de 1980 a 1985.


Fontes