Polícia Federal do Brasil afirma que banqueiro Daniel Dantas faz parte de uma organização criminosa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de novembro de 2008

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
O banqueiro Daniel Dantas na qual o relatório da PF é dirigido (Foto de Arquivo)

Em um relatório de 247 páginas iniciado pelo delegado Protógenes Queiroz, mentor da Operação Satiagraha, e agora sob reponsabilidade do delegado Ricardo Andrade Saad, da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros da Polícia Federal de São Paulo confirmou que o banqueiro Daniel Dantas "faz o uso da corrupção e da inimiação para alcançar seus objetivos".

Fica claro que a organização criminosa liderada por Daniel Dantas praticou crimes contra a ordem tributária, crimes contra o sistema financeiro, crime de lavagem de capitais, formação de quadrilha, dentre outro

Relatório da Polícia Federal

O documento mostra a relação de Dantas com o operador do mensalão, Marcos Valério. Na época em que a opera de telefone Brasil Telecom era controlada pelo Opportunity, a operadora fez contratos com valores superiores a R$ 150 milhões com as empresas de Valério.

A Polícia Federal mostrou que Dantas desviava recurosos das companhias telefonônicas administradas pela Opportunity etambém o desvio de dinheiro a paraísos fiscais em fundos cridaos pelo grupo.

O advogado de Daniel Dantas, Nélio Machado, disse que o relatório não possui profundidade nenhuma e que vai mostrar todos os equívocos e meias-verdades motrados no docmuento da Polícia Fedederal.


Fontes