Polícia Federal desmantela esquema de falsificação de diplomas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de março de 2008

A Polícia Federal começou na manhã de hoje a Operação Cola, para desmantelar quadrilhas que vendem diplomas universitários pela internet. A operação está sendo realizada em 14 estados brasileiros.

Foram emitidos 34 mandados de busca e apreensão. Os policiais agem principalmente nos estados de São Paulo, Rio de janeiro, Minas Gerais e Paraná, e também nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Mato Grosso, Pernambuco, Maranhão, Acre, Pará e Bahia. A Operação Cola é uma atividade conjunta da Delegacia Fazendária da Polícia Federal de Mato Grosso e São Paulo junto com a Unidade de Repressão de Crimes Cibernéticos, que fica no Distrito Federal.

Os policiais descobriram que os cliente faziam os pedidos por meio de um fórum de discussões na internet. Segundo a Polícia Federal, os diplomas eram confeccionados no município de Tangará da Serra, no Mato Grosso, e distribuídos para todo o país via Sedex. Com o responsável pelo esquema, já detido, foi encontrado material para a confecção dos diplomas. Ele está sendo transferido para a sede da Polícia Federal em Cuiabá (MT)

Os diplomas custavam cerca de R$ 1,8 mil. Entre os cursos que tinham os diplomas falsificados estão medicina, fisioterapia, direito, enfermagem e engenharia.


Fontes