Pinturas de Saryan e Zardaryan são reencontradas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de maio de 2020

Autorretrato de Martiros Saryan

A obra Armenia, de Martiros Saryan, e a parte central do tríptico Renaissance, de Hovhannes Zardaryan, foram reencontradas. As peças haviam sido consideradas desaparecidas pelo Centro de Exposições do Ministério da Cultura da Armênia. As informações foram relatadas pelo serviço de imprensa do Comitê de Investigação do país:

Como resultado das inspeções no Centro de Exposições, constatou-se que muitas exposições estavam faltando — pinturas, tapeçarias, obras gráficas, esculturas no valor de 121 milhões de drames (cerca de US $ 250 mil), incluindo a obra de Martiros Saryan, estimada em 60 milhões de drames (cerca de US$ 123 mil). No decorrer das ações investigativas de 7 de maio, foi possível descobrir e apreender uma imagem de valor artístico especial.
'

A pintura de Zardaryan é estimada em 2 milhões de drames (cerca de US$ 4 mil). A investigação sobre os roubos e a busca por outras obras de arte desaparecidas continuam, segundo o comitê.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com