Pintura de Nicholas Roerich é colocada em leilão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na casa de leilões britânica MacDougall's, que está especialmente interessada na arte russa, é exibida a pintura Pechersky. Entrada do Mosteiro de Nicholas Roerich. A licitação está programada para 15 de outubro.

A peculiaridade da situação é que a pintura foi considerada perdida por mais de 115 anos. O anúncio foi feito à imprensa pelo chefe da casa de leilões William McDougall. Pertence à "Série de Arquitetura", que Roerich criou durante suas viagens à Rússia em 1903—1904. Pequenos esboços em compensado são típicos desta série. O quadro Pechersky. Entrada do Mosteiro é único está pintado sobre tela.

Como disse o Sr. McDougall, a história da tela é a seguinte: após uma exposição em São Petersburgo em 1904, o imperador Nicolau II mandou comprá-la para o Museu Russo. No entanto, Roerich decidiu apresentar antes seu trabalho na American St. Louis World Fair, em 1904. Nos Estados Unidos, ela desapareceu. Segundo a lenda, o organizador da exposição vendeu a ideia dos artistas russos participantes e roubou o dinheiro. Roerich procurou pela pintura, mas suas tentativas não deram resultado.

O leiloeiro britânico não exclui a possibilidade de agora, 115 anos depois, a tela ser devolvida à sua terra natal.

Fontes

ru Слывшая утерянной 115 лет картина Николая Рериха выставлена на торги — Rewizor, 6 de outubro de 2020.

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit