Pesquisa CNT/Sensus registra avaliação positiva para Lula e seu governo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luiz Inácio Lula da Silva, Presidente do Brasil.

19 de fevereiro de 2008

Brasil

O Instituto de Pesquisas CNT/Sensus divulgou na última segunda-feira (18/02) pesquisa de opinião relativa ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu governo.

De acordo com a pesquisa, 52,7% dos entrevistados consideraram a administração de Lula como positiva (ótima ou boa). Apenas 13,7% classificaram-na negativamente (ruim ou péssima). Conforme informou a Agência Brasil, este é o maior índice de aprovação que o governo recebe desde dezembro de 2003[1].

A pesquisa também procurou avaliar o desempenho pessoal do Presidente. Segundo a pesquisa, 66,8% dos entrevistados disseram que aprovam o desempenho de Lula, contra 28,6% que desaprovam.[2][3]

O instituto de pesquisa ainda verificou a influência de Lula nas eleições presidenciais de 2010. De acordo com a pesquisa 36,8% votariam num candidato indicado por Lula (único em quem votariam ou poderiam votar) e 25,9% não votariam no candidato indicado pelo Presidente.

Lula tem melhor desempenho no Nordeste

As regiões Norte e Nordeste foram aquelas onde Lula e o governo tiveram a melhor avaliação. Segundo a pesquisa, 67,1% dos entrevistados das regiões Norte e Nordeste consideraram o atual governo como ótimo ou bom. O Nordeste foi a região em que o governo teve o melhor desempenho: 24,5% consideraram o governo ótimo.[4]

O pior desempenho para o governo foram nas regiões Sul e Sudeste: 20% consideraram o governo ruim ou péssimo. O pior desempenho foi no Sudeste: 11,6% consideraram o governo péssimo.

Em relação ao desempenho pessoal de Lula, o Nordeste também foi a região que melhor avaliou o Presidente: 81,3% disseram que aprovam o desempenho de Lula. O Sudeste foi a região onde se concentrou o maior número de entrevistados que desaprovaram Lula: 38%.

A aprovação de Lula concentrou-se entre os entrevistados de menor escolaridade. Segundo a pesquisa, entre aqueles que têm no máximo até a quarta série do ensino fundamental, Lula teve 74,5% de aprovação. O pior desempenho de Lula registrou-se entre as pessoas com maior escolaridade. Entre aqueles que têm curso superior, Lula teve 38,9% de desaprovação. Independente do grau de escolaridade, o índice de aprovação de Lula sempre foi superior a 50% e o índice de desaprovação sempre superior a 21%.

A aprovação de Lula foi maior entre as pessoas que ganham até 1 salário mínimo:81,4%. A desaprovação de Lula foi maior entre aqueles que ganham mais de 20 salários mínimos: 43,2%. Independente da renda, o índice de aprovação de Lula foi sempre superior a 50% contra um índice de desaprovação que foi sempre maior do que 15%.


Referências

  1. http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2008/02/18/materia.2008-02-18.9533440443/view Agência Brasil
  2. http://www.cnt.org.br/informacoes/cntsensus/pesquisas_cntsensus90.asp Pesquisa de Opinião Pública Nacional (11 a 16/02/2008) - CNT/Sensus
  3. http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2008/02/18/materia.2008-02-18.1474239204/view Agência Brasil
  4. http://www.cnt.org.br/arquivos/downloads/sensus/isc_91_relatorio_cruzamento.pdf Pesquisa de Opinião Pública Nacional (11 a 16/02/2008) - CNT/Sensus

Fontes

  • . [ 2nd UPDATE: Approval For Brazil's Pres Lula Up At 66.8%]Dow Jones Newswires, 18 de fevereiro de 2008