Parlamento Europeu vincula reconhecimento da Palestina a avanço das negociações

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de dezembro de 2014

Europa

Membros do Parlamento Europeu decidiram abandonar a ideia de votar uma moção pedindo aos 28 países-membros da União Europeia que reconheçam o Estado da Palestina. Hoje (16), em lugar da moção, eles entraram em acordo sobre o texto de uma resolução que pede o avanço das negociações pela paz no Oriente Médio. A resolução será votada amanhã (17), em Estrasburgo, na França.

A proposta de aprovar uma moção pedindo o reconhecimento do Estado da Palestina deveria ter sido votada em novembro, mas foi adiada por falta de acordo. Partidos de esquerda defendem o reconhecimento da Palestina mesmo antes do encerramento das negociações de paz. Entretanto, grupos de direita, entre eles o Partido Popular Europeu, o maior do Parlamento, rejeitam o reconhecimento sem que haja uma solução negociada.

O texto acordado diz que o Parlamento Europeu apoia a solução de dois Estados e o consequente reconhecimento da Palestina, mas enfatiza que “isso deve vir lado a lado com o desenvolvimento das negociações de paz, que devem avançar.” As negociações entre Israel e a Palestina, mediadas pelos Estados Unidos, fracassaram em abril. Desde então, palestinos têm feito esforços unilaterais nas Nações Unidas para garantir a formação de seu próprio Estado na área ocupada por Israel na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, tendo Jerusalém Oriental como sua capital.

Na Europa, um movimento crescente pelo reconhecimento do Estado Palestino levou à recente aprovação de moções nos parlamentos do Reino Unido, da Espanha, França, Irlanda e de Portugal. A Suécia foi o primeiro país da Europa Ocidental a reconhecer a Palestina como Estado.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati