Ordenada detenção provisoria do ex-presidente panameno Martinelli

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ricardo Martinelli, ex-presidente do Panamá.
Foto: Fórum Econômico Mundial.

22 de dezembro de 2015

A Corte Suprema da Justiça do Panamá ordenou na noite de ontem da segunda-feira, a detenção provisória do ex-presidente e deputado do Parlamento Centro-Americano Ricardo Martinelli, pelo caso de interceptações telefônicas e cibernéticas a opositores durante sua presidência, entre 2009 a 2014.

Com a ordem, o procurador da causa poderá proceder com a detenção de Martinelli, que se encontra nos Estados Unidos, auto-exilado desde o mês de janeiro.

O plenário da Corte decidiu logo das cinco horas de deliberação, de que era necessária a presencia de Martinelli na audiência à que se lê acusado pelo caso de espionagem eletrônica(PT-BR) electrónica(PT-PT) de mais de 150 pessoas durante seu mandato, a maioria dentre opositores. No obstante, reservaram-se a forma em como será detido Martinelli, responsabilidade que recaiu no Magistrado Juiz de Garantias da Causa, Jerónimo Mejía.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati