Ordenada detenção provisoria do ex-presidente panameno Martinelli

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ricardo Martinelli, ex-presidente do Panamá.
Foto: Fórum Econômico Mundial.

22 de dezembro de 2015

A Corte Suprema da Justiça do Panamá ordenou na noite de ontem da segunda-feira, a detenção provisória do ex-presidente e deputado do Parlamento Centro-Americano Ricardo Martinelli, pelo caso de interceptações telefônicas e cibernéticas a opositores durante sua presidência, entre 2009 a 2014.

Com a ordem, o procurador da causa poderá proceder com a detenção de Martinelli, que se encontra nos Estados Unidos, auto-exilado desde o mês de janeiro.

O plenário da Corte decidiu logo das cinco horas de deliberação, de que era necessária a presencia de Martinelli na audiência à que se lê acusado pelo caso de espionagem eletrônica(PT-BR) electrónica(PT-PT) de mais de 150 pessoas durante seu mandato, a maioria dentre opositores. No obstante, reservaram-se a forma em como será detido Martinelli, responsabilidade que recaiu no Magistrado Juiz de Garantias da Causa, Jerónimo Mejía.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati