Oposição suspende manifestação em São Tomé e Príncipe à espera de acções do Governo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agência VOA

11 de maio de 2018

Os partidos da oposição em São Tomé e Príncipe adiaram a manifestação convocada para esta sexta-feira, 11 de maio, à espera que o partido no poder, ADI, e o Parlamento voltem atrás na decisão que exonerou os três juízes do Supremo Tribunal de Justiça.

A oposição sustenta ainda que o adiamento da manifestação deveu-se também à mediação dos parceiros da cooperação internacional, solicitada pelo Governo com o objectivo de encontrar consensos para a reforma do sector da justiça.

A crise estalou quando o Supremo Tribunal de Justiça autorizou a devolução da cervejeira Rozema ao empresário angolano Mello Xavier, tendo, depois, o Parlamento, como votos do ADI, no poder, e do MLSTP-PCD, na oposição ter afastado os três juízes que tomaram a decisão.

Perante a crise política instalada no país, o Conselho de Defesa Nacional através do seu porta-voz, João Bexigas, manifestou-se preocupado com a situação e avisou ter orientado as forças de segurança pública no sentido de tomarem medidas para prevenir desacatos perante anúncios de convocação de manifestação pelos partidos da oposição.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati