Onda de ataques contra cristãos na Índia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

7 de fevereiro de 2006

Na região central da Índia houve vário ataques contra cristãos nos últimos dias. Várias pessoas ficaram feridas e precisaram ser hospitalizadas, informou a Christian Solidarity Worldwide.

O primeiro desta onda de ataques ocorreu no distrito de Jhabua, em Chapri, em 25 de janeiro, durante um culto feito numa residência. A polícia foi acusada de prender dois líderes religiosos: Raj Singh Amblia e Hateh Singh Rawat, que alegaram terem sido ameaçados caso continuem com suas atividades religiosas. Ambos estão ainda presos.

Em 26 de janeiro, três líderes da Igreja do Nazareno em Nagpur, Maharashtra, foram atacados por extremistas indus. Pravin Pawar, Sanat Pawar e Maclin Masihtrês são acusados por um grupo indu de tentar converter à força pessoas da tribo. A polícia confiscou documentos e livros da Igreja.

O ataque mais violento aconteceu 28 de janeiro em Bhopal. Uma construção usada por uma comunidade cristã foi apedrejada por cerca de 30 pessoas, que também gritaram palavras de ordem anti-cristãs. O Pastor Sam Francis da Igreja Aleluia sofreu fraturas nas pernas e mãos e precisou ser hospitalizado.

Fontes